Páginas

sábado, 22 de maio de 2010

Suporte para bogu

Autor do projeto

Rogério de Almeida.

Matreriais básicos
  • Furadeira elétrica;
  • Broca de madeira de 3/16”;
  • Lixa para madeira Nº150;
  • Serrote pequeno ou serra de arco;
  • Chave de fenda;
  • Alicate.
Guia de montagem

Abaixo são apresentados os materiais necessários para a confecção do suporte de bogu. Na relação está a descrição do material, seu código (exibido nos esquemas de montagem) e a quantidade necessária do mesmo (em unidade).
  • Madeira 1,27mx2cmx2cm - Código nº 1 - Quantidade: 1;
  • Madeira 20cmx2cmx2cm - Código nº 2 - Quantidade: 1;
  • Madeira 60cmx2cmx2cm - Código nº 3 - Quantidade: 1;
  • Madeira 15cmx2cmx2cm - Código nº 4 e 5 - Quantidade: 2;
  • Madeira 10cmx2cmx2cm - Código nº 6 e 7 - Quantidade: 2;
  • Placa de eucatex 6,5cmx5cm - Código nº 8 - Quantidade: 1;
  • Madeira 30cmx25cmx1,5cm - Código nº 9 - Quantidade: 1;
  • Cilindro de polietileno Ø6,5cmx36cm vazado - Código nº 10 - Quantidade 1;
  • Cilindro de polietileno Ø6,5cmx15cm vazado - Código nº 11 e 12 - Quantidade: 2;
  • Cilindro de polietileno Ø6,5cmx16cm vazado - Código nº 13 e 14 - Quantidade: 2;
  • Cantoneira de ferro 1”x1” com 2 furos - Código nº 15 - Quantidade: 8;
  • Parafuso 3/16” x 1 ½” com duas arruelas e porca - Código nº 16 - Quantidade: 17;
  • Parafuso 3/16” x 5/8” com duas arruelas e porca - Código nº 18 - Quantidade: 2;
  • Cantoneira de ferro 2”x3” com quatro furos - Código nº 19 - Quantidade: 3;
  • Parafuso auto-atarraxante cabeça chata 3,5mmx13mm - Código nº 20 - Quantidade: 6.
As peças de madeira utilizadas na montagem podem ser de pinus ou eucalipto. Para um melhor acabamento as mesmas devem ser lixadas.

Na Figura 1 são apresentados os principais componentes do suporte para bogu.

Figura 1 – Principais componentes.

A Figura 2 apresenta um esquema geral de montagem do suporte.


Figura 2 – Esquema geral de montagem.

Na Figura 3 é apresentado o esquema de montagem da parte que irá suportar o do e os kote.


Figura 3 – Detalhe de montagem do suporte do do e dos kote.
 
Nas Figuras 4 e 5 são apresentadas as imagens referentes aos detalhes apresentados na Figura 3.
 
Figura 4 – Vista frontal do suporte do do e dos kote.
 
Figura 5 – Vista de trás do suporte do do e dos kote.


Na Figura 6 é apresentado o esquema de montagem do suporte do mem.

Figura 6 – Detalhe da montagem do suporte do mem.

Nas Figuras 7 e 8 são apresentadas as imagens referentes aos detalhes apresentados na Figura 6.


Figura 7 – Vista frontal do suporte do mem.

Figura 8 – Vista de trás do suporte do mem.


Na Figura 9 é apresentado o detalhe de montagem do suporte do tare.

Figura 9 – Detalhe de montagem do suporte do tare.

Nas Figuras 10 e 11 são apresentadas as imagens referentes aos detalhes apresentados na Figura 9.

Figura 10 – Vista frontal do suporte do tare.


Figura 11 – Vista de trás do suporte do tare.

A peça de código nº 7 deverá estar em relação à base do suporte aproximadamente 30 centímetros de altura.

Na Figura 12 é apresentado o detalhe da base do suporte.

Figura 12 – Detalhe da base.

Deve-se observar que, a fixação da peça de código nº 1 com a peça de código nº 9 (base), é realizada com cantoneiras de abas assimétricas para que não haja a coincidência dos furos na peça de código nº 1.

Nas Figuras 13 e 14 são apresentadas as imagens referentes aos detalhes apresentados na Figura 12.

Figura 13 – Primeiro detalhe da ligação da base do suporte.

Figura 14 –Segundo detalhe da ligação da base do suporte.

Nas Figuras 15 a 18 são apresentadas as diversas vistas do suporte parcialmente e totalmente montando (com e sem bogu).
Figura 15 – Vista frontal do suporte parcialmente montado.

Figura 16 – Vista frontal do suporte montado.

Figura 17 – Vista frontal do suporte montado com bogu.

Figura 18 – Vista de trás do suporte montado com bogu.  

Para uma melhor fixação do mem deve-se dar um nó simples no mem himo ao redor da peça de código nº 1 como pode ser observado na Figura 19.

Figura 19 - Detalhe da fixação do mem.

O cilindro de polietileno utilizado na montagem do suporte é o mesmo utilizado para flutuação em piscinas, mas com seção transversal vazada.

Tempo de confecção do suporte

O tempo médio de montagem varia entre 3 (três) e 4 (quatro) horas.

Custo estimado

Abaixo é apresentado o custo estimado dos principais componentes do suporte na base de maio de 2010.
  • Madeira 2cmx2cm (eucalipto) - Custo: R$4,50/m;
  • Placa de madeira de 1,5cm de espessura (pinus) - Custo: R$40,00/m2;
  • Placa de eucatex - Custo: R$35,00/m2;
  • Parafuso 3/16”x1 ½ ” com porca e duas arruelas - Custo: R$0,60/um;
  • Parafuso 3/16”x5/8” com porca e duas arruelas - Custo: R$0,80/um;
  • Cantoneira de ferro 1”x1”cm com 2 furos - Custo: R$1,50/um;
  • Cantoneira de ferro 2”x3” com dois furos - Custo: R$2,00/um;
  • Parafuso auto-atarraxante cabeça chata 3,5mmx13mm - Custo: R$1,00/um;
  • Cilindro de polietileno Ø6,5cm - Custo: R$10,00/m.
O custo total com material para a montagem do suporte é de aproximadamente R$60,00. O custo total não inclui os materiais básicos para a montagem e mão de obra.

Um comentário:

  1. Marcelo Tardelli23 de maio de 2010 22:08

    Almeida,

    Muito bacana o seu projeto. O suporte parece ser muito funcional e bem robusto.
    Obrigado por repartir com a gente.

    Abraço,
    Tardelli

    ResponderExcluir